PROFISSÃO LEGAL

PROFISSÃO LEGAL

ESTAR BEM COM FISIOTERAPIA

SUA SAÚDE EM BOAS MÃOS
ESTE SITE ESPALHA UMA VIDA MELHOR!



sexta-feira, 25 de junho de 2010

DOR LOMBAR - LOMBALGIA

- relaxamento para coluna lombar

Posicionamentos adequados ao deitar-se





DOR LOMBAR - LOMBALGIA





A coluna vertebral é uma interconexão complexa de nervos, articulações, músculos, tendões e ligamentos, todos esses capazes de causar dor. Nervos longos que se originam na coluna e vão até as pernas e braços podem fazer a dor irradiar para as extremidades. A dor nas costas alguma vezes também ocorre quando não há nenhum problema anatômico aparente. Distensão muscular é a causa mais comum de dor lombar, a qual costuma desaparecer entre duas e seis semanas.
Quando a dor na coluna dura mais de três meses, ou quando há mais dor na perna do que nas costas, geralmente é necessário um diagnóstico mais específico. Há várias causas para a dor na região lombar e pernas: para adultos de menos de 50 anos elas incluem prolapso ou hérnia de disco e doença degenerativa do disco; para pessoas acima de 50 as causas mais comuns são osteoartrite e estenose espinhal.
A intensidade da dor lombar varia muito. Na melhor das hipóteses pode ser uma dor leve e chata, ou uma dor muito intensa e incapacitante, que impede a realização dos afazeres domésticos e profissionais.
A dor é normalmente localizada na porção inferior das costas, podendo ou não irradiar-se para a porção superior, pescoço, coxas ou até para o abdômen. Se uma dor lombar isolada (ou seja, sem outras intercorrências) persistir inalterada em sua intensidade por mais de duas semanas, é conveniente procurar auxílio médico.

TRATAMENTO
Tratamento conservador:

Para lombalgia aguda, um período ultra curto de repouso relativo, inferior a três dias, é geralmente prescrito. Um repouso maior do que este leva ao descondicionamento. Além disso, os estudos realizados não demonstraram benefícios do repouso prolongado.

Fisioterapia:

Pode ser indicada, se realizada por um fisioterapeuta formado, com nível superior. Ele pode orientar o paciente a seguir um programa de exercícios personalizado, que leva em consideração o estado e as necessidades específicas de cada paciente. O fisioterapeuta também pode orientar a respeito da mecânica corporal e das técnicas de alívio de tensão.
Técnicas fisioterápicas que ajudam a reduzir a dor e o espasmo: Calor, gelo, massagem, ultrassom e eletroestimulação.
O programa fisioterápico é incrementado de acordo com as necessidades e capacidade do paciente em realizar as atividades; sendo que a pessoa é encorajada a retornar ao trabalho e a iniciar atividades físicas controladas o mais breve possível.. Assim que a dor aguda passa, o tratamento fica centrado em prevenir que as crises se tornem repetitivas; entra em ação a Fisioterapia Preventiva e os programas de conscientização postural e exercícios para condicionar o sitema músculo esquelético à uma nova forma de movimentar-se: CORRETAMENTE

Acupuntura:

O tratamento não se restringe somente as agulhas, podemos usar a moxa que é um bastão de carvão ou ervas diretamente nos pontos da acupuntura ou também a ventosa. O paciente para realizar o tratamento não necessita ter encaminhamento do médico. O primeiro passo é passar por uma avaliação para o início das sessões. Além da dor lombar e da enxaqueca, o procedimento pode ser utilizado para o alívio da artrite e artrose, insônia, estresse, ansiedade, gastrite, TPM entre outras enfermidades. O procedimento raramente causa dor, já que as agulhas além de terem a espessura de um fio de cabelo, são colocadas em pontos específicos do corpo que fazem o organismo liberar substâncias analgésicas, antiinflamatórias, entre outras.

Medicações: Podem ser recomendadas pelo médico.

DICAS DA FISIOTERAPEUTA :

- Evitar flexão do tronco e uso de cadeiras baixas
- Sentar em cadeira com bom suporte lombar e repouso dos braços
- Não realizar atividade física intensa sem acompanhamento profissional
- Não levantar objetos pesados de qualquer jeito
- Evitar sentar por tempo prolongado; trocar de posição frequentemente
- Evitar torções
- Dorme de barriga para cima? Coloque um rolo de posicionamento ou almofadas embaixo dos joelhos, a coluna permanece relaxada nessa posição;
- Dorme de lado? Utilize sempre um travesseiro entre os joelhos, a coluna fica alinhada;
- Dorme de bruços (barriga para baixo)? Tente mudar este hábito urgente!!!!!sua Coluna Cervical (pescoço) sofre e a Coluna Lombar também, mas enquanto isso coloque um travesseiro embaixo da barriga sob o umbigo, diminui a tensão da curva fisiológica da lombar;

Se você fez movimentos bruscos, sentiu uma“fisgada” e agora está com dor pontual (sem irradiações para a perna) nas costas: deite de barriga para cima, coloque 2 ou mais travesseiros embaixo dos joelhos e aqueça a região com uma bolsinha de água quente, fale com seu médico e peça um relaxante muscular, repouse e aguarde a dor aliviar. Aos poucos movimente os pés, uma perna de cada vez e sente-se na cama,virando-se de lado; é normal que sinta a dor ainda, mas repetindo o procedimento mais vezes em 2 dias a dor deve ceder, caso contrário, procure um traumatologista urgente e converse com um fisioterapeuta para acompanhar seu tratamento físico.

Você fez esforço para erguer algo muito pesado e sentiu que suas costas “travaram”: não conseguiu retornar a posição ereta, sente-se numa cadeira alta, mantenha os pés bem apoiados no chão, recoste-se na cadeira e relaxe por uns instantes, pode colocar uma bolsa quente no local ou uma bolsa com gelo; neste caso você pode utilizar o gelo para relaxar a região também assim como o calor, veja o que agrada mais sua sensibilidade.Após aliviada a dor aguda, oriento que procure o médico para verificar a possibilidade de ter ocorrido uma protusão discal (início de uma hérnia de disco), se isso ocorreu, procure um fisioterapeuta de confiança para conciliar a terapia física com o tratamento medicamentoso.A protusão discal pode ser totalmente revertida com a fisioterapia dependendo do caso!
Imagens:www.dornascostas.com.br

PEQUENAS MUDANÇAS DE HÁBITOS NO DIA –DIA AJUDAM A MANTER A COLUNA SAUDÁVEL E PREVINE A INSTALAÇÃO DE PATOLOGIAS PRECOCES!!

Um comentário:

  1. Olá Andréa,
    passei para visitar o Blog e achei muito interessante a postagem sobre DOR LOMBAR.
    Um abraço.
    Geraldo Barbosa (Blog 14-F)

    ResponderExcluir