PROFISSÃO LEGAL

PROFISSÃO LEGAL

ESTAR BEM COM FISIOTERAPIA

SUA SAÚDE EM BOAS MÃOS
ESTE SITE ESPALHA UMA VIDA MELHOR!



quinta-feira, 6 de maio de 2010

CERVICALGIA

CERVICALGIA

A coluna cervical que é a articulação do pescoço é fonte de grandes problemas de origem dolorosa, que chamamos de Cervicalgia. Para o diagnóstico faz-se necessária história clínica compatível, confirmação radiológica e concordância clínico-radiológica.
Existem dois tipos diferentes de dores na região cervical. Uma relacionada às patologias da própria estrutura da coluna e outra às afecções situadas nas suas proximidades, porém com manifestações clínicas na região cervical.
Entre as dores relacionadas às patologias em sua estrutura destacamos: degenerativas (artrose ,ossificação ligamentar idiopática);
• mecânico-posturais (posturas viciosas, seqüelas neurológicas);
• traumáticas ( hérnias discais, lesão do "chicote" e fraturas)
infecciosas ( bacterianas, micóticas);
• malformações congênitas;
• inflamatórias ( artrite reumatóide do adulto,artrite reumatóide
juvenil, espondilite anquilosante ),
• metabólicas (osteoporose),
• neoplásicas ( metástases ósseas, mieloma múltiplo)
• e ainda a afecções no interior da duramater ( meningioma,
neurinoma , abcesso, meningite).

Entre as dores decorrentes do acometimento de estruturas na sua vizinhança (dor referida), temos:
• disfunção da articulação temporomandibular, ( ATM)
• gânglios,
• tireoidite,
• faringite,
• carcinoma de laringe,
• traqueíte,
• aneurisma dissecante da aorta,
• inflamação da carótida,
• infarto do miocárdio,
• angina pectoris e a pericardite.

SINAIS E SINTOMAS
• Dor no pescoço e sobre os ombros
• Pescoço rígido
• Torcicolo
• Sensibilidade na nuca
• Incapacidade de rodar a cabeça
• Tontura
• Náusea eventual

FATORES PRINCIPIANTES
• Stress ocupacional
• Carregar bolsas pesadas
• Sono em posição não confortável,
• Stress psicológico
• Sentar em cadeira com braços elevados
• Alterações oclusais ( mordida)
• Bruxismo noturno
• Instabilidadevertebral

TRATAMENTO CLÍNICO
Podem ser utilizados medicamentos antiinflamatórios e relaxantes musculares, prescritos e devidamente orientados pelo médico.Porém, acredita-se que a causa da ocorrência da dor permaneça neste caso, quando tratado apenas com medicações; então orienta-se o paciente a procurar um serviço de FISIOTERAPIA e fazer uma avaliação para iniciar um plano de tratamento a fim de acabar com o agente causal da DOR ou até mesmo condicionar o corpo para evitar a recidiva do problema.

TRATAMENTO FISOTERAPÊUTICO
Elaborado, começando por uma boa anamnese e avaliação propriamente dita.
As diretrizes de tratamento são formuladas a partir do resultado da avaliação, adapta-se a conduta conforme o paciente apresenta-se no momento.
Algumas dicas se vc estiver com uma dor aguda no pescoço: pode utilizar uma bolsinha de água quente sob os ombros para aliviar a tensão muscular, deixar cair a água quente do chuveiro nos ombros no banho, não alongue-se, não estrale o pescoço, deite e repouse com um rolinho de tolha de rosto colocado embaixo do pescoço na curvinha.Procure a sua fisoterapeuta de confiança e peça ajuda.Abração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário